O AutoSport falou com o gestor de projeto do Volkswagen Polo GTI 5, Gerard-Jan de Jongh, que confirmou a pretensão da VW em estrear o Polo no Rali da Alemanha. Como se sabe, o carro que já anda em testes e já tem 15 unidades vendidas, uma delas para Portugal, e pelo que se percebe está a suscitar grande interesse.

De Jongh confirma que o facto da VW ter saído do WRC, deixou muito ‘know how’ dentro de portas e que é essa mesma experiência que está agora a ser utilizada com este primeiro projeto para clientes nos ralis. Segundo Gerard-Jan de Jongh “Devido aos custos, tivemos de nos afastar da tecnologia dos WRC, que não têm lugar numa categoria como a R5, mas mesmo utilizando peças oriundas de série, a filosofia do carro é a mesma…”

A base do motor é exatamente a mesma do Skoda Fabia R5, a motorização 1.6 litros turbo ‘chinesa’ (porque a europeia era mais complicada em termos das necessidades de arrefecimento nos ralis).

 

 

De resto e para quem pergunta se o Polo GTI é uma cópia do Skoda Fabia R5: “Eles têm muito mais experiência de lidar com clientes, e posso dizer que eles ajudaram muito a dar-nos ideias acerca dos problemas que encontraram para converter tecnologia dos carros de estrada num R5. O nosso Polo WRC é 100% um produto motorsport, mas o R5 é uma mistura de tecnologia”, disse Gerard-Jan de Jongh, que confirmou ainda que não há planos para uma equipa oficial como têm a Skoda e a M-Sport no WRC2.

Martin Holmes

Source  – autosport.pt

LEAVE A REPLY